Buscar

3 antídotos contra a autossabotagem


Tudo o que você reprime não morre. Continua vivo dentro de você, fazendo parte de quem você é.


A única coisa que acontece é que com essa negligência, o reprimido pode voltar com muita força, dando origem a sabotagens, bloqueios, problemas e até doenças.


Por isso a autossabotagem só se desvitaliza com o autoconhecimento, esse encarar as sombras que vivem dentro de nós mesmos.


É com o autoconhecimento que encontramos os antídotos necessários para acabar com o sabotador interno. É por meio dele que tomamos esses remédios.


#1: Amor-próprio: Valorizar a pessoa que você é, suas conquistas, aprendizados e valores. A perfeição não existe e a imperfeição é o que torna cada um singular e interessante a sua própria maneira.


#2: Ampliar a visão:

Uma pessoa que abre a sua visão e expande a sua curiosidade, remove da sua lente de visão os modos de vida limitantes e passa a se perceber como plena de potência e possibilidades. Saia do seu lugar comum! Mude de caminho ao voltar para casa, veja um documentário sobre um assunto diferente. Expanda seus horizontes e reconheça como você já não é mais o mesmo.


#3: Preste atenção aos padrões:

Descubra os padrões e crenças que regem os seus comportamentos limitantes. Tome consciência deles e comece a desvitalizá-los.


No Caderno da Autossabotagem, trazemos 74 perguntas e exercícios transformadores para você cortar o mal pela raiz e desvitalizar a autossabotagem. Se você deseja se aprofundar, clique aqui.