Buscar

Coisas que são autocuidado e você não sabe

Atualizado: Ago 12



Existem vários tipos de autocuidado: o físico, o social, o emocional e o mental. Imagina quanta coisa cabe aí!


Por isso, quando você lê por aí sobre autocuidado sempre vão falar de atividades como dormir bem e se alimentar de maneira saudável, que são biologicamente as mais importantes e funcionam para um maior número de pessoas. Mas algumas coisas vão ficar de fora. Não dá tempo de te contar tudo em uma matéria de blog ou em um gráfico no Instagram.


Por isso que hoje a gente selecionou as atividades de autocuidado mais excluídas para te contar. É um conteúdo quase secreto!


Foco nos pensamentos certos

Não acredite em tudo que você pensa. O seu cérebro não está acima de qualquer suspeita. Você pode não controlar os seus pensamentos, mas pode escolher para onde vai o seu foco. Investigue os pensamentos ruins, mas alimente na sua cabeça apenas as vozes boas.


Dizer "não" quando você quer dizer não

É demais exigir que alguém esteja disponível 24 horas. Então não exija isso de você! Tome de volta o seu poder de decidir as coisas de acordo com o seu próprio desejo. Definir limites é criar espaço para ser você.


Parar de se comparar

Medir seu sucesso na vida com a régua de outra pessoa é roubar sua própria energia psíquica. Cada pessoa tem uma história única e incomparável. Vão existir pontos em comum, e isso nos une. Mas o que nos distingue não pode ser esquecido. Cada pessoa é um mundo e vive suas próprias guerras internas. Não coloque tudo na mesma caixa.


Não fazer nada é fazer alguma coisa

Caso contrário, não seria tão difícil para algumas pessoas descansar. Esse é o vazio de que o cérebro (e o corpo) precisa para continuar funcionando bem.


Parar de se revezar de tela em tela

Entre celulares, tablets, computadores e televisão, quanto tempo você passa olhando para uma tela durante o dia? Além da luz dos eletrônicos causar uma série de perturbações, viver mediado por telas pode ser limitante para o Ser. Reserve um tempo para olhar no olho das pessoas com quem você convive e criar momentos sem o intermédio de um vidro que lhe mostra o mundo. A vida vai além da tela!


Se deixar sentir

Engolir o choro não faz a tristeza diminuir; aquele sorriso amarelo também não faz a raiva passar. Esconder as emoções de si mesmo é um engano. Elas reaparecem mais tarde ainda maiores! Então, se permita sentir, só assim você vai aprender a lidar com isso.


Fazer silêncio

“A palavra é prata, o silêncio é ouro”, diz um antigo provérbio. O silêncio tem um efeito calmante sobre nós. Economizar nas palavras é uma sabedoria e também uma forma de cuidado, sobretudo em meio a processos difíceis. Acalme o seu barulho interno (e externo) e obtenha algumas respostas.


Rir

Dar umas gargalhadas é uma chave de ativação do poder pessoal. Reduz a ansiedade, fornece bem-estar, anula temporariamente o medo e a tristeza e aumenta a criatividade e a capacidade cognitiva.


Observar a natureza

A natureza é um pacote completo de autocuidado. Nela há beleza, finitude, recomeço e proporções. Sentado à sombra de uma árvore gigante ou sob o céu estrelado reconhecemosque não estamos no centro do universo e ressituamos a perspectiva sobre os problemas que nos afligem.


Análise

Falar e ser ouvido por alguém que não está ali para te julgar, mas te fazer tirar as camadas que te afastam dos seus desejos e dores profundos. Um analista está ali para te fazer ver quem você é e não te deixar desistir dessa existência.


Escrever

Existem várias práticas que envolvem esse escrever terapêutico. Já falamos sobre algumas delas em posts anteriores. Escrever é testemunhar o que se vive, extravasar para o papel e encontrar ali seus complexos e aquilo que se esconde até de você mesmo. O processo é de limpeza, mas também de assimilação, aceitação e transformação. Experimente escrever sobre aquilo que está sentindo e depois leia e interprete suas próprias palavras.


A Inspira lançou O Livro de Afrodite - um guia arquetípico de encontro com a divindade de Afrodite que vive em seu interior. Metade livro, metade caderno de escrita terapêutica, contém 233 exercícios e textos reflexivos e instigantes para conversar com o seu inconsciente e fazer a sua Afrodite sair da concha.


Quer descobrir como? Clique aqui.


Foto: Giulia Bertelli/ Unsplash