Buscar

Como a escrita pode ser terapêutica?



Como uma coisa relativamente simples como escrever pode funcionar como alívio de tensões e levar resultados tão incríveis à nossa saúde psíquica.


Essas tensões que sentimos, provenientes de traumas, dores sufocadas, arrependimentos e desesperança com a vida criam aglomerações de energia psíquica que ficam ali retidas, alimentando ainda mais as nossas ansiedades e sofrimentos.


Quando tomamos a decisão de reverter esse quadro, e procuramos alguma boa ferramenta de autoconhecimento como a escrita terapêutica ou começamos a fazer terapia com um profissional responsável, aos poucos, conseguimos entender nossos processos e liberar essa energia para ser usada para o desenvolvimento de outras áreas de nossa vida.


Outra coisa que acontece é que, no caso da escrita terapêutica, ao preenchermos as linhas do papel com os nossos pensamentos e emoções, trabalhamos com as duas áreas do nosso cérebro em conjunto: a racional e a emocional. Assim, podemos canalizar, integrar e analisar as nossas emoções, e solucionar questões, de forma criativa, para os nossos problemas cotidianos.


É com esse encontro com nós mesmos e com a organização do que somos, pensamos, sentimos e queremos que podemos mobilizar o necessário para fluir pela vida com mais consciência e leveza.


Experimente começar a escrever e você vai observar tudo isso acontecendo!


A Inspira lançou O Livro de Afrodite - um guia arquetípico de encontro com a divindade de Afrodite que vive em seu interior. Metade livro, metade caderno de escrita terapêutica, contém 233 exercícios e textos reflexivos e instigantes para conversar com o seu inconsciente e fazer a sua Afrodite sair da concha.

Quer descobrir como? Clique aqui.


🎨: "Portrait of a Woman" (detalhe), de Adélaïde Labille-Guiard