Buscar

O que há por trás do seu "dedo podre" para relacionamentos?

Atualizado: Ago 12



Já envia este texto para aquela sua amiga ou amigo que tem o famoso “dedinho podre”!

Se você é a pessoa com o radar quebrado para relacionamentos, daquele tipo que só atrai a pessoa errada, passe o post para o lado porque dessa vez, sim, vai ser tudo diferente!

Com a reflexão de hoje, você vai começar a se conscientizar dos motivos dessas coisas acontecerem com você e, talvez pela primeira vez, você vai estar no controle para decidir a sua vida.


Você conhece alguém que nunca está só, mas sempre mal acompanhado(a)? Talvez essa pessoa seja você, a famosa "dedo podre".


Normalmente, quem vive essa situação parece sempre estar vivendo o mesmo tipo de problema nos relacionamentos. Identificar essas padrões é importante para entender o motivo de isso acontecer e, o principal, porquê a pessoa se sente atraída por esse tipo de relação.


Sigmund Freud, o criador da Psicanálise, chamou isso de compulsão à repetição. É como se uma força invisível nos guiasse para a repetição de situações autodestrutivas como forma de reescrever a história traumática que deu origem a isso, provavelmente proveniente da infância.


"Dessa vez vai ser tudo diferente", é o que pensamos inconscientemente. Mas acaba acontece tudo igual.


Controlar a outra pessoa e fazer com que ela mude é algo que está fora do seu controle. Mas cuidar das suas antigas feridas de forma que elas não conduzam seus caminhos é tarefa sua! E isso se faz com autoconhecimento.


Cada vez mais que você se conhece e se entende, a relação com o outro é mais digna, pois, antes disso, a relação consigo mesmo é mais digna - é um reflexo: da consciência dos próprios limites, dos próprios gostos ou mesmo até que ponto pode ceder e em que ponto deve interceder. Todas essas pontes e barreiras são solidamente edificadas a partir do autoconhecimento: do perguntar-se, do auscultar-se, do entender-se.


Quer aprofundar mais o seu autoconhecimento às luzes dos arquétipos e da escrita terapêutica?

A Inspira lançou O Livro de Afrodite - um guia arquetípico de encontro com a divindade de Afrodite que vive em seu interior. Metade livro, metade caderno de escrita terapêutica, contém 233 exercícios e textos reflexivos e instigantes para conversar com o seu inconsciente e fazer a sua Afrodite sair da concha.



Imagem: Jasmine Carter/Pexels