Buscar

Os 4 compromissos que você deve fazer para uma vida realmente feliz


Foto: mellamed/ Pexels



Para ser mais feliz, ser livre para ser quem você realmente é e redescobrir seu poder pessoal existem quatros passos, que são os quatro compromissos do caminho tolteca.

Eles foram descritos no best-seller “Os 4 compromissos: o livro da Filosofia Tolteca” por Don Miguel Ruiz, escritor e descendente dos antigos toltecas, povo que habitou a região centro-sul do atual México há milhares de anos.


O livro já foi traduzido para 46 idiomas e é uma excelente dica de leitura. Há algo de verdadeiro em sabedorias antigas que permanecem vivas no tempo.


Resumimos aqui as máximas centrais desses quatro compromissos. Simples e muito completo!


1. Seja impecável com a sua palavra

"Percebemos o enorme poder da palavra, precisamos compreender que tipo de poder sai de nossas bocas". (Don Miguel Ruiz)


Que outro animal pode falar? A palavra é a nossa ferramenta mágica enquanto humanos. De acordo com o autor, ela é muito mais do que um som ou um símbolo escrito, é a forma como nos expressamos e, assim, criamos eventos em nossas vidas.


Você tem usado o que sai da sua boca para abençoar ou amaldiçoar? Você traz palavras de amor e apoio para quem lhe procura ou é irresponsável com as suas palavras?


2. Não leve nada para o lado pessoal

"Nada do que os outros fazem é motivado por você. É por causa deles mesmos. Todas as pessoas vivem em seus próprios sonhos, em sua própria mente; (...). Quando levamos algo para o lado pessoal, presumimos que os outros sabem o que está em nosso mundo e tentamos impor nosso mundo a eles". (Don Miguel Ruiz)


Nem mesmo o que você escuta sobre si em sua própria mente é pessoal, ela pode não estar sendo verdadeira. "A mente tem a capacidade de falar consigo mesma, mas também tem a capacidade de ouvir informações de outros reinos", explica o escritor.


3. Não tire conclusões

"O problema com as conclusões é que acreditamos que elas são verdadeiras. Tiramos conclusões sobre o que os outros estão fazendo e pensando - levamos para o lado pessoal -, então culpamos e reagimos enviando veneno emocional com a nossa palavra". (Don Miguel Ruiz)


Esteja sempre aberto ao novo. Práticas de mindfulness podem te ajudar nisso.

Quem vive no presente não se desespera em tirar conclusões, apenas está disposto a receber as informações, sem julgamento.


4. Sempre dê o melhor de si!

"Se der o melhor de si, não haverá forma de julgar a si mesmo". (Don Miguel Ruiz)


Você estará assumindo a ação por amor, e não pela espera de uma recompensa. Isso é viver com prazer sem acumular frustrações ou arrependimentos.



E aí? Vamos nos comprometer? Mande esse texto para seus amigos e pessoas que você quer bem!

© 2019 por Indominus Mídia.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Revista Inspira

LOGO NOVA_Prancheta 1.png