Buscar

Ser "você" é uma escolha diária

Atualizado: Ago 9



“Sua vida é sua vida.

Não deixe que ela seja esmagada na fria submissão.

Esteja atento.

Existem outros caminhos.

(...)” -

Charles Bukowski.


Às vezes, a gente entra em transe na vida e age como autômatos. Sem pensar, seguimos o caminho que nos é imposto a partir do desejo do Outro. Um Outro que pode ser as responsabilidades que tomamos como fardos, o querer tanto a aprovação alheia a ponto de se anular, a mensagem cultural que tira a nossa subjetividade e nos coloca como números, máquinas e coisas que precisam encontrar uma utilidade... Quando paramos pra ver, surge o questionamento: “Foi essa a vida que eu queria pra mim?”.


Se você é capaz de se fazer essa pergunta é porque há algo além da superfície do que você chama de “eu”, existe um “eu maior” olhando para todos os seus atos, pensamentos, emoções e escolhas.


Ser esse seu “eu” profundo é uma escolha diária. Ele se apresenta toda vez que você consegue dizer e fazer o que deseja, colocar limites e se afetar menos com os olhares de críticas que te cercam. Isso é estar em profunda sintonia com você mesmo. É se amar de verdade.


A Inspira lançou O Livro de Afrodite - um guia arquetípico de encontro com a divindade de Afrodite que vive em seu interior. Metade livro, metade caderno de escrita terapêutica, contém 233 exercícios e textos reflexivos e instigantes para conversar com o seu inconsciente e fazer a sua Afrodite sair da concha.

Quer descobrir como? Clique aqui.


Arte: Christian Schloe