Buscar

Técnica simples para te ajudar a gerenciar as suas emoções



Antes de explodir...escreva!


O que você faz quando está com as emoções à flor da pele?


Muita gente engole seco e fica remoendo; outros reagem explosivamente; e alguns agem de uma maneira escapista, fingindo - por meios tóxicos - que o problema não existe.


É só pensar a longo prazo para ver que nenhuma dessas opções é a melhor saída.


Os que engolem, vão ver essa raiva materializada em algum sintoma ou doença.

Os que reagem, vão estar sempre presos no emaranhado de emoções e fora do controle da sua consciência, sempre dando respostas automáticas aos estímulos externos.

Os escapistas, logo desenvolverão vícios e muletas para se sustentar pela vida.


Nenhuma das opções resolve de verdade a situação. Todas são maneiras de evitar encarar o problema conscientemente, e assim conseguir resolvê-lo.


Mas você já tentou escrever sobre uma situação ou conflito antes de dar uma resposta a elas?


Quando escrevemos, ativamos em nosso cérebro a parte racional (linguagem) para falar da emocional. Isso faz com que essas duas partes se organizem de uma forma mais eficiente para resolver um problema.


Da próxima vez que seus nervos ficarem à flor da pele, experimente se retirar por um breve momento e escrever sobre isso.


Você pode se surpreender com as respostas para os seus problemas ali na sua frente, escritas com a sua própria letra.


É como disse Fernando Pessoa: "Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir".


A Inspira lançou O Livro de Afrodite - um guia arquetípico de encontro com a divindade de Afrodite que vive em seu interior. Metade livro, metade caderno de escrita terapêutica, contém 233 exercícios e textos reflexivos e instigantes para conversar com o seu inconsciente e fazer a sua Afrodite sair da concha.

Quer descobrir como? Clique aqui.


Foto: Nsey Benajah/Unsplash