Buscar

Como organizar o meu tempo?

Este texto foi publicado originalmente na Revista Inspira, edição #3, outubro de 2019.


Os segundos formam os minutos. Os minutos formam as horas. As horas formam um dia. Os dias formam a semana. E assim, os meses, os anos..., a vida! Tempo não é apenas dinheiro. Segundo o crítico literário Antonio Candido, tempo é o "tecido da nossa vida". Se organizar o seu tempo direitinho, dá pra viver tudo o que você sonhou!


Eu futuro – Tudo que existe, primeiro existiu na imaginação. Então, imagine-se daqui a 5 anos. Como você planeja estar física, emocional e profissionalmente? Que sonhos pretende ter realizado? A primeira dica é que você reflita e escolha o destino para onde você quer embarcar. Porque como diz a frase: “Para quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve”. Saber o que quer molda como você organiza seu tempo com sentido. Defina o destino.


Um passo depois do outro – É assim que a gente chega ao nosso destino. Seja ele estudar mais, ler um livro por mês ou comprar uma casa. O que você pode fazer hoje que vai te colocar mais perto do que você quer? Quebre a sua meta em dezenas de pequenos passos que você possa executar diariamente. Crie o seu mapa!


Tenha uma agenda – Um dia tem 24 horas. O indicado é que você durma oito horas por dia. Ainda sobram 16 horas para você administrar de acordo com os seus deveres e anseios. Se você trabalha oito horas por dia, ainda há oito horas para dedicar a outras atividades. Faça bom proveito delas! Uma agenda (de preferência de papel), pode te ajudar a tomar consciência do seu tempo e dividi-lo de maneira correta, desde que reconhecendo que você não é uma máquina. Toda vez que você cumprir um objetivo do dia, risque-o da agenda. Isso dá uma sensação maravilhosa de movimento!


Defina prioridades – Aquilo que é prioridade deve ser prioridade, portanto, feito primeiro. Estamos falando da sua vida, então, não foque apenas em quem você quer ser profissionalmente. Estabeleça suas prioridades também de acordo com o que considera uma vida feliz e plena: tempo para a família, para dormir, para se exercitar, para ver Netflix. Essas não são tarefas menos importantes. No fim, são elas que fazem tudo valer a pena!


Você não precisa fazer tudo em um único dia – Ok! Algumas práticas você deve e quer fazer todos os dias, mas nem todas precisam ser encaixadas dentro das 24 horas. Assistir um filme, lavar os banheiros e fazer comida são coisas que, por exemplo, você pode tirar apenas um dia da sua semana para fazer. Não se sobrecarregue! Viajante com muitas bagagens não consegue sair do lugar.


Bônus:

Aprenda a dizer NÃO

Aprender a dizer não para aquilo que não corresponde ao que você deseja é estabelecer limites e cuidar de si. Fuja dos ladrões de tempo!


Foto: Jon Tyson/ Unsplash