Buscar

Corpo: uma teoria da conspiração

Dia #3 - Semana de Imersão em Afrodite

Este texto faz parte da Semana de Imersão em Afrodite, que aconteceu na nossa newsletter.



Oi! Você está bem?


Olha a gente aqui de novo no terceiro dia com Afrodite!


Hoje eu quero falar sobre o seu corpo.


Você se sente bem em habitar o seu corpo? Eu observo que a sociedade está doente porque retiraram da gente a autoridade sobre essa ferramenta mágica que é o nosso próprio corpo.


Uma hora, diziam que o corpo era a porta de entrada do pecado. Na outra, consideravam ele uma futilidade, porque “só o que importa é a mente”. E tem ainda o discurso que reduz ele à aparência; se você está fora do que chamam de “uma boa aparência”, você sente que você falhou.


É tanta coisa que falam sobre o corpo, que eu me pergunto se o buraco não é mais embaixo. Parece até uma teoria da conspiração. Afinal, por que dariam tanta atenção a esse tema?


Quando estávamos escrevendo O Livro de Afrodite, pesquisamos muito sobre isso e vimos que essa suspeita não é infundada. Descobrimos que: o corpo é um instrumento de poder.


Quando você aprende a senti-lo, a ouvir o que ele tem a dizer e a validar isso, ninguém mais pode te deter, porque você finalmente se conectou com você mesma(o).


Você descobre o que você gosta, o que você não gosta, o que você quer repetir e o que não quer sentir nunca mais. Já pensou nisso?


Acontece que a gente quase nunca dá muita moral para a sabedoria do corpo, e vamos ignorando os sinais que ele dá. Você também é assim?


Recuperar essa conexão com a parte material de nós mesmos é o que Afrodite quer que você faça!

Esses dias, eu estava perambulando pela internet quando encontrei essa vídeo-aula de yoga, da professora Pri Leite (@prileiteyoga). É uma aula de flexibilidade e força – exatamente a tão buscada alquimia de Afrodite – com saudações à lua (que, por sinal, é o símbolo do feminino em um monte de culturas) e até a postura da Grande Deusa.


Recomendo muito que você se desafie a fazer, respeitando o seu corpo e o seu tempo. Assim, aos poucos, você vai aprendendo esse idioma esquecido com o qual o seu corpo se comunica com você.

Espero que esse conteúdo tenha te feito bem!

Tem sido muito bom para mim escrever aqui para você.


A gente se fala de novo amanhã!


Mil abraços e que você tenha um dia de paz com a sua própria natureza! 💙


A Inspira lançou O Livro de Afrodite - um guia arquetípico de encontro com a divindade de Afrodite que vive em seu interior. Metade livro, metade caderno de escrita terapêutica, contém 233 exercícios e textos reflexivos e instigantes para conversar com o seu inconsciente e fazer a sua Afrodite sair da concha.

Quer descobrir como? Clique aqui.

© 2019 por Indominus Mídia.

Revista Inspira