Buscar

Escrever: a tinta da cura

Atualizado: Ago 12


Entre 1880 e 1882, Anna O. tratava sua paralisia, distúrbios na visão e na linguagem que lhe acometeram em sincronia com a morte do pai.


Ela definiu seu tratamento com o médico Josef Breuer como uma “cura pela fala”, ao mesmo tempo semelhante à uma “limpeza de chaminé”.


A partir do momento que falava de suas memórias perturbadoras era como se removesse a fuligem acumulada que pode provocar incêndios.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Com que frequência você se previne desses incêndios?


Escrever suas emoções é também uma forma de desobstruir os canais da sua mente!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Conta: como é a sua experiência com a escrita terapêutica?


A Inspira lançou O Livro de Afrodite - um guia arquetípico de encontro com a divindade de Afrodite que vive em seu interior. Metade livro, metade caderno de escrita terapêutica, contém 233 exercícios e textos reflexivos e instigantes para conversar com o seu inconsciente e fazer a sua Afrodite sair da concha.


Quer descobrir como? Clique aqui.


Imagem: Hanna Olinger