Buscar

O poder da deusa do amor



Perguntar-se sobre o poder de Afrodite é perguntar sobre o poder do amor, da beleza, do prazer e da criatividade. Quer encontrar sua força? Imagine o mundo sem eles!


Ísis, Freyja, Parvati, Oxum, Vênus… Afrodite é mais um dos tantos nomes pelos quais a humanidade reverenciou essa força misteriosa que nos atrai para o outro. Os versos de João Gilberto nos dão dimensão do fascínio: “fundamental é mesmo o amor, é impossível ser feliz sozinho”. Do ponto de vista da espécie homo sapiens: sozinho não é possível nem mesmo se manter vivo.


Podemos nos guiar rumo a um caminho de individuação e de liberdade de pensamento e de consciência, mas liberdade e solidão não são necessariamente sinônimas. Buscamos o outro porque é legal se enxergar com outros olhos e outra pele, trocar de casca; mas também porque nesse contato algo em nós é aceso. Basta uma conversa, um pouquinho de atenção, para nos sentirmos mais vivos e dispostos. Ressoamos uns nos outros. Mergulhar no outro é mergulhar em nossa própria humanidade.


Esse é o poder da Deusa do Amor.


Podemos usar isso também de maneira individual. Nossos corpos também são portas de entrada para o amor. Quando vemos, imaginamos, tocamos ou sentimos algo bonito, prazeroso e/ou arrebatador, isso nos toca e novamente estamos um pouco mais vivos. A beleza é um sentimento e o sentir preenche nossas existências de sentido.


Independente da mitologia utilizada como referência, é isso que esse arquétipo comunica. Soterrado na experiência coletiva da humanidade, não damos mais tanto valor à inteligência do sentir, e isso está nos matando em vida.


O poder de Afrodite é te lembrar do prazer de estar no aqui e no agora. Quantas pessoas hoje podem dizer, com sinceridade, que se sentem assim?


Quer se conectar ao arquétipo da Deusa do Amor?


A Inspira lançou O Livro de Afrodite - um guia arquetípico de encontro com a divindade de Afrodite que vive em seu interior. Afrodite é a deusa das emoções. Metade livro, metade caderno de escrita terapêutica, contém 233 exercícios e textos reflexivos e instigantes para conversar com o seu inconsciente e fazer a sua Afrodite sair da concha.


Quer descobrir como? Clique aqui.


Arte: "O nascimento de Vênus" (detalhe), por Sandro Botticelli.