Buscar

O que a empatia tem a ver com autoconhecimento?

Atualizado: Mar 3



Como você lida com as emoções dos outros?


Incrivelmente, essa resposta pode estar em como você lida com as suas próprias emoções e sentimentos.


Isso faz parte da chamada inteligência emocional, que é cada vez mais necessária nos dias de hoje.


A clássica inteligência lógico-matemática - aquela que é medida pelos testes de QI (Quoeficiente de Inteligência) - pode não servir para muita coisa se o indivíduo não souber manejar outras inteligências, sobretudo a emocional.


"(...) quando são as emoções que dominam, o intelecto não pode nos conduzir a lugar nenhum", escreveu o renomado jornalista científico Daniel Goleman, autor do livro "Inteligência Emocional". Sentimentos intensos dominam a nossa mente emocional e deixam a racional inoperante.


"Temos dois cérebros, duas mentes — e dois tipos diferentes de inteligência: racional e emocional. Nosso desempenho na vida é determinado pelas duas — não é apenas o QI, mas a inteligência emocional também conta. Na verdade, o intelecto não pode dar o melhor de si sem a inteligência emocional", esclarece Goleman.


A melhor forma de desenvolver a nossa inteligência emocional e, assim, a empatia, é pela via do autoconhecimento. Por isso, ter uma sabedoria sobre si mesmo não é apenas capricho do campo teórico e da curiosidade, mas, sobretudo, é algo prático, uma ferramenta de poder e de desenvolvimento.


"A empatia é alimentada pelo autoconhecimento; quanto mais conscientes estivermos acerca de nossas próprias emoções, mais facilmente poderemos entender o sentimento alheio", escreve Goleman.


Quer aprofundar mais o seu autoconhecimento às luzes dos arquétipos e da escrita terapêutica?


A Inspira lançou O Livro de Afrodite - um guia arquetípico de encontro com a divindade de Afrodite que vive em seu interior. Metade livro, metade caderno de escrita terapêutica, contém 233 exercícios e textos reflexivos e instigantes para conversar com o seu inconsciente e fazer a sua Afrodite sair da concha.


Imagem: Alex Green/Pexels