Buscar

Quando quiser alguma coisa, cuidado com as gratificações substitutas!

Atualizado: Ago 12


Foto: Sergei Solo/ Unsplash

Você quer ter um trabalho/casamento/corpo/carro/substitua-por-qualquer-outro-desejo perfeito ou quer ser reconhecido e aplaudido por alguém?

Mais uma vez, batemos na tecla de que você sonhe sonhos que partam da sua essência. Para o psicanalista Jacques Lacan, o desejo é a comprovação da existência de nosso mundo interior.


Muitas vezes, entretanto, nosso mundo interior é afetado pelos quereres de nossa criança interna ferida.



Portanto, fica o alerta: cuidado com as gratificações substitutas! Quer um exemplo do que são essas gratificações substitutas?

A psicoterapeuta Tara Brach, em seu livro Radical Acceptance citou um muito comum. “Embora ter um emprego seja geralmente necessário para atender às nossas necessidades básicas de sobrevivência, onde e como trabalhamos também é um domínio essencial para a gratificação substituta: o trabalho é um meio indireto para tentar conquistar amor e respeito”. Seu emprego tem sido uma estratégia para provar o seu valor a alguém? O seu desejo, seja ele qual for, está, no fundo, relacionado a isso? O seu desejo esconde um outro desejo dentro dele?

Gratificações substitutas não podem satisfazer o seu desejo original.


Esse é um tipo de autossabotagem.


No Caderno da Autossabotagem, trazemos 74 perguntas e exercícios transformadores para você cortar o mal pela raiz e desvitalizar a autossabotagem. Se você deseja se aprofundar, clique aqui.