Buscar

Você sabia que os deuses gregos falam de padrões da vida cotidiana?




O que as nossas repetições cotidianas têm a ver com as trajetórias dos deuses gregos?


Você é mais divino do que imagina. No post de hoje, vamos explicar como o componente simbólico das histórias ancestrais de deusas, deuses e heróis se comunica com o seu inconsciente. E a importância de revisitar esse conteúdo para a sua saúde mental e uma vida mais total.


Sabe esses padrões do inconsciente que a gente vive falando por aqui?


Padrões são modelos que se repetem não só na trajetória de uma única pessoa, mas na vida de várias pessoas que passam pelas mesmas situações e adotam uma postura semelhante na hora reagir.


Antes de Freud, Jung ou mesmo da descoberta do inconsciente, os antigos gregos (e muitos outros povos) já organizavam essas energias que atuam na nossa psique e explicavam como esses padrões funcionam na forma de deuses, deusas e mitos.


Nessas narrativas esotéricas, conteúdos do inconsciente se transformaram em fórmulas conscientes transmitidas pela tradição na finalidade de orientar a trajetória do deus e do herói que habitam cada um de nós.


Assim, mulheres que têm uma Atena - a deusa da guerra, da sabedoria e da estratégia - atuando em seu inconsciente, são sábias, calculistas, sérias e, por isso, têm grandes possibilidades de perpassar em sua jornada pelas mesmas histórias que essa deusa vive nos mitos.


Interpretar os mitos à luz do inconsciente, portanto, é uma fonte inesgotável de sabedoria para se lidar com a própria vida, se entender, compreender sues próprios processos, a maneira como nos colocamos em nossas relações cotidianas e os problemas decorrentes disso. Assim como podem aprender com os aspectos sombra e evoluir os aspectos luz de cada arquétipo.


Qual será o deus ou a deusa que tem conduzido a sua vida em seu inconsciente?



Quer aprofundar mais nos conteúdos sobre arquétipos?

A Inspira lançou O Livro de Afrodite - um guia arquetípico de encontro com a divindade de Afrodite que vive em seu interior. Metade livro, metade caderno de escrita terapêutica, contém 233 exercícios e textos reflexivos e instigantes para conversar com o seu inconsciente e fazer a sua Afrodite sair da concha.


© 2019 por Indominus Mídia.

Revista Inspira